Responsive image

Confederação Nacional

dos Trabalhadores

na Saúde

Responsive image

Clínica Paulo Guedes, em Caxias do Sul, é condenada por prática de assédio moral

Data: 28/09/2017 17:14:00

A prática constante de assédio moral contra funcionários levou a Clínica Psiquiátrica Paulo Guedes, de Caxias do Sul (RS), a pagar indenização por dano moral no valor de R$ 44.400,00 a um grupo de seis trabalhadoras da empresa. Os fatos que geraram a ação trabalhista foram acompanhados desde o início pela direção do Sindisaúde de Caxias, numa petição encaminhada pela advogada Ana Paula Luciano. De acordo com o relato das trabalhadoras em juízo, havia, por parte da chefia, ameaças, deboche, apelidos ofensivos e insultos.

A sentença condenatória foi proferida pelo juiz Rafael Moreira de Abreu, da 5ª Vara do Trabalho, em 6 de setembro. Segundo o juiz, a Clínica Paulo Guedes “é responsável pela conduta da chefia e, por isso, deve pagar a indenização pelos danos morais sofridos pelas trabalhadoras”.  O magistrado considerou ainda a “gravidade dos fatos ocorridos na empresa, bem como a repercussão social”.

O presidente do Sindisaúde, Danilo Teixeira, disse que os trabalhadores e trabalhadoras da categoria devem procurar o Sindicato e denunciar quando se sentirem ameaçados no ambiente de trabalho. Danilo observa que a direção do Sindicato tem informações de fatos semelhantes que ocorrem nas empresas, mas, para que sejam tomadas providências no sentido de encaminhar à justiça, é necessário que haja uma denúncia concreta junto ao Sindicato. (Fonte: Jânio Medeiros, do Sindisaúde de Caxias)